Publicado em

Plataforma e tipos de hospedagens

Plataforma e tipos de Hospedagem

Atualmente as duas principais plataformas dos servidores de hospedagem são: Linux and Windows. Apenas para relembrar: Linux e Windows são dois sistemas operacionais completamente diferentes.

O Linux é, sem sombra de dúvidas, o sistema operacional mais popular instalado nos servidores web. Trata-se de um sistema de código aberto, baseado no Unix, que tem sido (por mais de 3 décadas) um padrão na escolha de uma plataforma que forneça confiança e estabilidade para ambientes corporativos. O Linux tem sido amplamente utilizado na indústria de webhosting, oferecendo serviços de hospedagem, e-mails, bancos de dados, e DNS, por ser bastante confiável, estável e excelente relação custo x benefício. A menos que você possua websites que necessitem de tecnologias específicas para Windows, optar pelo Linux provavelmente será a melhor ideia. Eis alguns exemplos de aplicações específicas para Windows (que irão requerer um servidor com este sistema operacional):

• ASP Classic

• ASP .NET

• MSSQL (Microsoft SQL Server)

• MS Access (Microsoft Access)

• Visual Basic Development

• MS ActiveSync

• C#

• Remote Desktop (requer um plano de servidor dedicado)

• Microsoft Exchange (requer licenças e instalação)

• Microsoft SharePoint (requer licenças e instalação)

OBS: Os softwares que não estiverem, por padrão, inclusos em sua conta de hospedagem, muito provavelmente também não contarão com o suporte técnico de seu provedor de hospedagem. Portanto, se você não estiver fazendo uso de alguma das tecnologias da lista acima, é melhor que você escolha um plano de hospedagem cujo servidor utilize a plataforma do sistema operacional Linux.

O mesmo é valido para softwares que são desenvolvidos apenas para servidores Linux.

Alguns exemplos de aplicações que requerem um servidor com sistema operacional Linux:

• SSH

• PHP

• Perl

• Python

• FrontPage Extensions

• Bancos de dados MySQL e PostgreSQL

• Scripts ou aplicações que necessitem de módulos específicos do Apache

Existem diversas distribuições do sistema operacional Linux. As mais comuns são: SuSE, CentOS, Ubuntu, e RedHat. Existem também duas diferenças em ‘como’ estas plataformas trabalham na Internet: – Diferenciando maiúsculas e minúsculas: uma importante diferença é que, nos servidores Linux, os arquivos e diretórios (pastas) são sensíveis a caixa. Por exemplo: home.html e Home.html são nomes diferentes e, consequentemente, podem ser arquivos diferentes. Já em um servidor Windows, home.html, Home.html, ou HOME.HTML serão sempre o mesmo arquivo. – Segurança do servidor: Embora a maioria das pessoas considerem o Linux mais seguro que o Windows, ambos os sistemas operacionais são igualmente seguros. Segurança realmente tem mais a ver com a instalação do servidor e com seus administradores. Se você não necessitar de aplicações específicas para Windows, escolher o Linux como sua plataforma irá funcionar perfeitamente em termos de confiabilidade e custos. A maior parte dos provedores de hospedagem precisam fazer menos investimentos em licenças de software quando utilizam um servidor Linux ao invés se comparado ao uso de um servidor Windows. Para compensar o valor destes investimentos, a maioria dos provedores que oferecem planos com servidores Windows acabam tendo de repassar a seus clientes parte desses custos.